Um projeto Menu

Círculo da Inovação

O coração de Magda está em todas as casas que arrendou

Magda Tilli

Co-fundadora Home Lovers

Foco no Consumidor

O coração de Magda está em todas as casas que arrendou

Ana Maria Pimentel

A agência imobiliária do marido andava na rua da amargura e como ela deu a volta ao negócio? Simples: focou no consumidor

Há normalmente nas lojas que vendem tudo para a casa quadros com a frase "lar é onde o coração está". Não fosse a antiguidade do chavão e podia acreditar-se que tinha sido Magda Tilli a criá-lo no dia em que teve a ideia da Home Lovers. Ela só quer pôr o coração dos arrendatários, de forma automática, em todos os lares que arrenda, e está a conseguir.

Podia ser uma história como tantas outras, filha de dono de uma agência imobiliária torna-se mãe. Mais tarde está desiludida com o trabalho. Desiste do emprego e o marido, também dono de uma agência imobiliária, perante o negócio fraco vê à sua frente a necessidade de fechar. Magda tem a ideia que revoluciona o negócio e lhes muda a vidas.

Até aqui parece tudo banal, com a pequena diferença que Magda nunca gostou do negócio do imobiliário, bem pelo contrário. Área que hoje é a sua paixão. Simplesmente porque para tirar proveito da agência do marido sem desperdiçar pensou "o que se pode fazer diferente?" Tudo isto num dia de praia em que a conclusão mais forte foi: focar no cliente.

Aproveitou todas as potencialidades das redes sociais numa altura em que ninguém lhes ligava para negócios. A mensagem foi passando enquanto Magda ia criando as suas próprias regras. Mais do que arrendar casas passou a "partilhar experiências, conhecer pessoas e até fazer amigos." Magda é assim, há qualquer dom na conversa dela que faz toda a gente sentir-se em casa, e talvez por isso não seja arriscado dizer que o coração de Magda está em todas as casas que arrendou.

Há muitas histórias de mudança de vidas, esta acaba em felicidade principalmente porque Magda mudou de vida para isso. Para poder ser verdadeira quando diz aos quatro filhos que sigam os sonhos para serem felizes. Ela já lhes abriu caminho.

UMA IDEIA

Legislar e inspecionar melhor o mercado de alojamento local que, neste momento, face ao aumento exponencial de turistas nas grandes cidades, acabou por retirar do mercado de arrendamento de longo termo praticamente todas as casas interessantes que, até à época, estavam disponíveis para as famílias portuguesas. Em consequência da pouca oferta, nota-se um aumento acentuado do valor das rendas, o que, naturalmente, retira do centro quem aí gostava ou estava habituado a viver, tendo como alternativa a procura de casa e mudança para a periferia.”

UM DESAFIO

“A nossa história foi construída com base nas necessidades dos clientes e assim tem sido até hoje. São os clientes que nos indicam o caminho e que, não raras vezes, nos ajudam a tomar decisões que acabam por ser decisórias e estratégicas para o crescimento da HomeLovers. Logo no início, a nossa opção foi focarmo-nos no mercado de arrendamento, porque percebemos que o mercado não estava a dar resposta àquilo que o cliente procurava e precisava, disponibilizando apenas casas para comprar, quando, em plena crise, muitos não tinham poder de compra ou viam o seu pedido de crédito recusado pelos bancos.

Um outro exemplo de problema foi-nos colocado quando, por estarmos, até então, apenas presentes no Facebook, os nossos clientes não conseguiam fazer uma simples pesquisa das casas que tínhamos disponíveis. Assim, e só por isso, resolvemos, na altura, desenvolver um site com uma imagem o mais semelhante possível à nossa página, de modo a poder facilitar essa mesma pesquisa e permitir assim o fácil acesso a todas as nossas casas.”

Foco no Consumidor

Ver mais