Um projeto Menu

Círculo da Inovação

A volta virtual ao Reino Unido em Google Street View

Um dos vídeos onde Aaron Puzey apresenta os melhores momentos de cada jornada de 100 km que completa

Aaron Puzey tem utilizado uns óculos VR e uma bicicleta de exercício caseira para cumprir a sua rotina diária com outro panorama

"Estava aborrecido." É sem rodeios que o britânico Aaron Puzey conta ao "The Verge" como teve a ideia digital que está a dar mais ânimo ao seu dia a dia. Há anos que, todos os dias, faz meia-hora de bicicleta todos os dias na sua sala e já há algum tempo que "sonhava" em tornar o exercício mais interessante. Até que a realidade virtual finalmente se tornou acessível.

Comprar um Galaxy Gear, ligá-lo ao seu telemóvel para ver os mapas da Google e planear a jornada de uma ponta à outra do Reino Unido (de John o' Groats a Land's End) de 1500 km foi só o primeiro passo. Depois, veio a parte complicada. Teve que desenvolver uma app para descarregar os dados 3D Google Street View e torná-los visíveis no aparelho, adaptar um dispositivo bluetooth para medir as suas rotações por minuto para ver num pequeno monitor e adaptar a jornada de acordo com estas instruções.

O ciclista ao domicílio tem apresentado a sua viagem digital no blog "Cycle VR" e confessa que a maior dificuldade tem sido "navegar num mundo 3D altamente comprimido" onde muitas estruturas em estradas mais recônditas parecem "disformes e estranhas". Em alguns casos, já sentiu mesmo "náuseas" quando tive que passar por locais mais complexos como "rotundas", onde as dificuldades do mundo virtual se notam mais.

Aaron Puzey acredita que vai demorar "50 dias" a completar o trajeto a que agora se propôs. Para o futuro, já olha para o Japão como destino para onde gostava de viajar sem sair de casa. "Com este aparelho, é como se estivesse lá", atira

Digitalização