Um projeto Menu

Círculo da Inovação

Investidores apostam nos países periféricos do euro

Jorge Nascimento Rodrigues

Primeiras colocações de obrigações do ano, incluindo a portuguesa, atraíram mais de €100 mil milhões

Os investidores acorreram em massa às primeiras emissões de obrigações dos países periféricos ou sobreendividados (dívida acima de 100% do PIB) da zona euro. A procura total nas operações de dívida a 10 e 15 anos da Bélgica, Irlanda, Itália e Portugal, todas através de sindicatos bancários, atingiu €106 mil milhões. Os quatro países acabaram por colocar €24 mil milhões e com taxas mais baixas do que em operações anteriores.
No caso português, a emissão de 9 de janeiro garantiu ao Tesouro €4 mil milhões, um quarto do financiamento previsto para este ano através da emissão de Obrigações do Tesouro. Portugal pagou a taxa mais baixa de sempre em lançamentos de novas séries a 10 anos e teve uma procura recorde de €24 mil milhões.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)

Economia