Um projeto Menu

Círculo da Inovação

Como o ‘Brexit’ afeta Portugal

Sónia M. Lourenço

Impacto vai muito além das exportações e turismo, passando por investimento, juros e transferências da UE

É, provavelmente, a aliança estratégica mais antiga da Europa. Os laços entre Portugal e Reino Unido datam do século XIV e foram reforçados a nível comercial no início do século XVIII, com o famoso Tratado de Methuen, em que Portugal se comprometia a consumir tecidos britânicos e o Reino Unido, em contrapartida, vinhos portugueses.
A força dos laços comerciais entre os dois países persiste ainda hoje. Os britânicos são o quarto maior mercado das exportações portuguesas de bens e o principal cliente turístico português. Mais ainda, “ao contrário do que acontece com a maioria dos principais parceiros comerciais, Portugal é superavitário ao nível dos bens na relação comercial com o Reino Unido”, frisa José Tavares, professor da Nova School of Business and Economics e coautor do capítulo sobre Portugal no livro “What to do with the UK? EU perspectives on Brexit”. Por isso, “qualquer disrupção desta relação será um problema para Portugal”, considera José Tavares, lembrando ainda a forte emigração portuguesa para terras de Sua Majestade nos últimos anos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)

Economia